Nanatsu no Taizai – Foda ou bosta? Eis a questão.







Andava aí todo o mundo falando de Nanatsu no Taizai. Que era foda, que o protagonista era um estuprador, que um tal de Ban era sinistro pra caralho. Assisti os primeiros dez minutos e vi um garotinho com cara de retardado servindo cerveja numa tasca com uma espada às costas e um porco com uma flor tatuada na bunda que comia os restos do chão. Então eu pensei “não vou ver essa merda, modinha do caralho parece Fairy Tail”. Aí pessoal, a ficha caiu. Fairy Tail? Eu também me fartei de xingar Fairy Tail até que fiquei viciado logo nas primeiras porradas.

Meliodas
Meliodas

Assim acabei assistindo a primeira temporada de Nanatsu no taizai e não me arrependo nem um pouco. Estou já à espera da segunda. Achei sim o anime um pouco parecido com Fairy Tail por causa do contexto medieval de magias e dragões. Porém, tive a sensação que Nanatsu no Taizai está desenvolvendo muito depressa. Em vinte e tal episódios já sabemos a história de praticamente todos os personagens. Eu sei que o povo reclama da quantidade absurda de episódios que tem One Piece, mas também tenham calma, um shounen é para durar no mínimo uns cem né galera?
Também me incomodou o fato de os cavaleiros serem um bando de idiotas, mas isso acontece em praticamente todos os shounens, há sempre uma temporada em que os vilões são os maiores bostas.

Meliodas apalpando Elizabeth
Meliodas apalpando Elizabeth

De resto, gostei bastante. O humor é pacífico, o Meliodas tem algumas razões aceitáveis para ser um estuprador ( já que a menina gosta dele e se parece com a ex-mulher…não gente, não há razões aceitáveis para se ser um estuprador, mas isso aqui é anime) e o Ban é foda sim, embora tenha aquele lado sensível porque se apaixonou por uma fada.

Ban
Ban

Concluíndo, anime modinha não é sinónimo de anime bosta. Eu gostei e espero que melhore nas próximas temporadas. Afinal, continuo preferindo Fairy Tail, talvez Nanatsu no Taizai consiga superar. Vamos aguardar pra ver.






Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *